ArquiteturaCasa e Construção

Vinhos e bons momentos

10views

Mais do que um local ideal para acondicionar vinhos, as adegas passam a figurar como protagonistas e ganham espaço nas residências.

Para os que desejam ter uma adega em casa, esses locais vão além do simples armazenamento de vinhos com o objetivo de manter a temperatura e a umidade das bebidas nas medidas adequadas para conservá-las por mais tempo. São ambientes de contemplação para os apreciadores desta arte engarrafada.

O vinho transcende sua função de bebida alcoólica, representando uma rica herança cultural e uma expressão do terroir e da habilidade do enólogo. Além disso, é um símbolo de celebração e convívio, capaz de evocar memórias e momentos especiais.

A adega é mais do que uma parte da residência, é uma paixão que conecta pessoas através de experiências sensoriais e culturais profundas, encontros com amigos e familiares, ou até mesmo como um elemento de contemplação e prazer solitário. Nesta matéria fizemos uma seleção de alguns projetos de adegas pensados sob medida para cada espaço e perfil de cliente.

O primeiro ponto importante é escolher um local sem ou com baixa incidência solar. Quando possível os ambientes de adega localizam-se nos subsolos das residências. Essa questão é importante, pois o contato dos raios UV com o vinho favorecem o envelhecimento precoce da bebida.

O local também precisa apresentar uma baixa variação térmica e umidade controlada. Os materiais também podem variar, sendo os mais usuais a estrutura em madeira ou metálica, essa escolha é feita de forma coordenada com a linguagem de projeto e visando atender tecnicamente a forma ideal de posicionamento das garrafas.

Independente do tamanho destinado para o espaço de adega, o importante é atender a função a qual se destina, ter a capacidade de armazenamento desejada e ser um convite para os apreciadores desfrutarem de bons momentos.

Deixar uma resposta