Saúde e Bem-estar

TDAH em adultos

73views

O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade caracteriza-se por um padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade – impulsividade, resultando em prejuízos no funcionamento diário em pelo menos dois ambientes diferentes (casa, escola, trabalho, social…).

O TDAH é o transtorno do neurodesenvolvimento mais comum na infância, com prevalência mundial de 7,2% das crianças, sendo mais frequente no sexo masculino. Os sintomas costumam iniciar na infância e em até 2/3 dos casos, persistem na idade adulta, impactando na vida social, acadêmica e profissional dos pacientes.

Diagnosticar o TDAH em adultos envolve saber diferenciá-lo de outros transtornos que podem trazer sintomas parecidos (o diagnóstico diferencial entre TDAH e ansiedade em adultos talvez seja o mais difícil de ser feito). A presença de sintomas de TDAH desde a infância é um valioso dado para o diagnóstico diferencial.

Sintomas como dificuldade de concentração, distração, dificuldade em manter a organização, procrastinação, má gestão de tempo se fazem presentes diariamente em um adulto com TDAH que não foi diagnosticado na infância, causando diversos prejuízos em suas atividades e até nas relações interpessoais.

Alguns sintomas em adultos que podem indicar um TDAH não diagnosticado na Infância são: 

  • Desatenção

– Falta de concentração nas atividades

– Falta de atenção aos detalhes

– Dificuldade de iniciar ou terminar uma tarefa

– Dificuldade para estabelecer prioridades

– Esquecimento

– Má gestão de tempo

– Desorganização

– Dificuldade para realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo (multitasking)

– Dificuldade para fazer planos

  • Impulsividade

– Inquietação

– Interromper os outros com frequência

– Falar em excesso

  • Desregulação emocional
  • Baixa tolerância à frustração

 O TDAH pode ter vários desdobramentos na fase adulta e pacientes com dificuldade de se concentrar, dificuldade em persistir em tarefas e má gestão de tempo podem trazer inúmeros prejuízos para a pessoa. Por exemplo, as tarefas domésticas podem ser esquecidas e negligenciadas ao longo do tempo pois a pessoa está hiperfocada em outra coisa. Nas relações interpessoais pessoa pode esquecer datas ou compromissos, a hiperatividade pode dar a impressão da pessoa não estar ouvindo o outro falar e muitas vezes precisa pedir para repetir pois não conseguiu prestar atenção. Com o tempo, isso causa um desgaste nas relações interpessoais, tanto em casa quanto no ambiente de trabalho. Sintomas como má gestão de tempo, desorganização, procrastinação e esquecimento podem fazer com que se torne um desafio levar uma vida acadêmica e profissional satisfatória. Além disso, essas pessoas tem maior tendência a sofrer acidentes por conta da distraibilidade e falta de atenção aos detalhes. Abuso de substâncias lícitas e ilícitas é frequente em pessoas com TDAH, além de comorbidades com outros transtornos, como ansiedade e depressão.

O TDAH pode ser difícil de diagnosticar tanto em crianças quanto em adultos, sendo necessária muita cautela. O médico deve seguir protocolos e também encaminhar os pacientes para uma avaliação diagnóstica para avaliar funções cognitivas.

Se você é um adulto que frequentemente se frustra por esquecer as coisas, tem dificuldades com prazos, sente que é mais difícil para fazer dar conta de tudo que as outras pessoas geralmente dão, procure ajuda, pois o TDAH tem tratamento!

 

Dra Walewska Ferreira Ribeiro

Médica Psiquiatra

CREMERS 21.515/RQE 13422

Deixar uma resposta