Saúde e Bem-estar

EU RONCO? Estão dizendo que eu ronco, mas não escuto nada, durmo muito bem

37views

Cuidado, roncar não é normal e pode ser um sinal da apneia do sono.

 A apneia do sono ainda é subdiagnosticada, mesmo sendo juntamente com o ronco um dos principais distúrbios do sono. A apneia do sono é caracterizada pela obstrução parcial ou completa das vias, levando a uma interrupção do fluxo de ar por 10 segundos ou mais durante o sono. Estas interrupções no fluxo de ar podem ocorrer várias vezes durante uma noite de sono provocando fragmentação do sono e queda do oxigênio no sangue.

É preciso estar atento aos sinais e sintomas

Dormir um sono de má qualidade ou em número de horas inferior à necessidade gera privação do sono, que afeta o desempenho intelectual, o humor, a memória, o controle do peso corporal, reduz a imunidade e aumenta o risco de depressão, diabetes  e doenças cardíacas como hipertensão arterial, infarto e arritmia.

Fisioterapeuta do Sono

O Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – COFFITO reconheceu a fisioterapia nos distúrbios do sono como área de atuação própria do fisioterapeuta, Resolução COFFITO Nº 536/2021. O fisioterapeuta do sono possui vasto conhecimento na interação coração-pulmão e sobre os efeitos da pressão positiva na via aérea (PAP) no sistema cardiovascular, pois cabe a ele a realização de uma avaliação detalhada observando comorbidades, identificando mecanismos que podem estar atuando na fisiopatologia da apneia do sono, checar a queixa principal do paciente com relação ao seu sono e avaliar a polissonografia lincando com a clínica do paciente, assim como analisar a adequação da terapêutica, identificando se precisa ser combinada, ajustada ou alterada.

O fisioterapeuta do sono conduz na escolha da máscara mais adequada para iniciar o processo de adaptação ao CPAP, ajusta de forma individual os parâmetros do CPAP, realiza orientações sobre o cuidado com o equipamento e acessórios ideais para cada paciente e orienta sobre os cuidados com higiene do equipamento. O acompanhamento pelo fisioterapeuta possibilita a identificação e solução precoce de possíveis problemas e dificuldades relacionados ao uso do CPAP.

Tratamento da apneia do sono

O início do tratamento com o CPAP é um importante período de adaptação e personalização do tratamento para o paciente. O CPAP é um equipamento que fornece pressão positiva contínua na via aérea, existem vários modelos de equipamentos e ajustes para o conforto durante o período de sono. Nunca compre equipamento e máscara sem avaliação prévia do fisioterapeuta do sono, há grande chance de não se adaptar.

Existem várias formas de tratamento da apneia do sono, que podem ser isoladas ou combinadas ao CPAP (Aparelho intraoral, fortalecimento da musculatura respiratória, higiene do sono, exercícios da orofaringe e exercícios aeróbicos).

O tratamento com CPAP requer monitorização da pressão de ar, vazamento de ar pela máscara, quantidade de apneias e nível de oxigênio. São necessários ajustes dos parâmetros do equipamento de tempo em tempo, também é preciso realizar a leitura dos dados de uso gerando relatórios para verificação da terapêutica adequada. O acompanhamento periódico é fundamental para a qualidade do tratamento e do sono. Sempre que possível, os dados da reavaliação fisioterapêutica devem ser reportados e discutidos com o médico responsável pelo paciente para a condução assertiva do tratamento.

Laura Rahmeier

Fisioterapeuta Crefito5: 120.508

– Mestre em medicina ciências médicas UFRGS

– Especialização nos distúrbios do sono PUCPR

– Professora da Universidade Franciscana – UFN 

Santa Maria/RS 

Cel: (55) 99938-3907

 

Deixar uma resposta