Saúde e Bem-estar

O Novembro Azul

40views

Uma atenção destacada é dada a saúde do sexo masculino durante o mês de Novembro, especialmente em relação ao Câncer de Próstata, porém várias outras condições devem ser observadas. Entre o que devemos observar estão o hábito do tabagismo, a atividade física, o controle do peso, a ingesta de bebidas alcoólicas incluindo uma adequada avaliação cardiovascular.
A detecção precoce da Neoplasia Prostática faz com que mais pacientes sejam tratados e potencialmente um maior número destes sejam curados, embora saibamos que a biologia do tumor tem um papel especial.
Um conhecimento melhorado da doença, métodos atualizados de avaliação, procedimentos com maior precisão, menos sequelas dos procedimentos e tratamentos adjuvantes melhorados trazem uma melhora na qualidade de vida e com melhores índices de cura. A possibilidade da adição de tratamentos com intuito curativo está merecendo especial atenção nos últimos anos, em parte relacionados a doença local ou regional.
Aos pacientes com doenças avançadas, a quantidade e a qualidade de novos tratamentos, aumentam muito o controle da doença, permitindo períodos sem tratamento, redução de efeitos colaterais e um aumento importante no tempo de vida.

O que fazer para reduzir?
O hábito do tabagismo é responsável pela maioria dos tumores de pulmão e do trato aero-digestivo superior, sendo associado ao Câncer de Cólon, Pâncreas, Rim, Ovário e vários outros. Até de ser diretamente causador a quem tem o hábito, quem fuma de forma passiva, possui igualmente o risco.
A atividade física, embora não seja reconhecida como importante redutor na incidência de câncer de próstata, sabemos que existe forte evidência quanto a tumores de mama, cólon e moderada para câncer de pulmão. A promoção da atividade física como hábito, incorporada na rotina e fundamental na prevenção e no controle do câncer.
O consumo de bebidas alcoólicas é considerada causa de câncer, em especial o de mama, sendo que o consumo de álcool seria responsável por 5,2% de todas as mortes por câncer entre os homens e 1,7% entre as mulheres.
Entre os cuidados cabe ressaltar também uma especial atenção a neoplasia colorretal, principalmente no nosso estado onde se observa uma incidência alta de neoplasias do trato gastrointestinal.
Avaliação/controle da situação cardiovascular tem papel importante na redução de mortes, visto que as doenças cardiovasculares são as maiores causas de morte no mundo. Igualmente, a detecção precoce de possíveis problemas se constitui na maior probabilidade da diminuição do número de mortes e aumento de vida. Os cuidados acima citados, em conjunto, certamente trazem benefício de vida.

 

JUAREZ CHIESA | CRM 17488 RS
Oncologista

Deixar uma resposta