Mundo Afora

Linda Viagem à Jordânia

36views

O engenheiro civil, Usama Samara, e a fisioterapeuta, Geovana Righi, estiveram na Jordânia para celebrar momentos em família e vivenciar a cultura da região.

Pela primeira vez no Oriente Médio, Geovana ficou encantada com as belezas do lugar. O casal acompanhou os pais de Usama, Khawla Juma e Nessim Samara, de origem Palestina, mas que tem moradia na capital da Jordânia, Amã. Foi um mês de viagem, onde puderam participar de festa de noivado, casamento e conviver com as tradições da região.

Confira o relato deste roteiro imperdível.

Petra

Petra, a “cidade rosa”, famoso sítio arqueológico esculpido em rocha e considerado uma das Sete Maravilhas Do Mundo.

A cidade é um dos mais importantes pontos turísticos da Jordânia, fica a 240 km ao sul da capital Amã e 120 km ao norte da cidade do mar vermelho de Aqaba.

Carros não podem circular pelo local, mas carruagens podem ser alugadas para o transporte pelas atrações turísticas como desfiladeiro, templos, cisternas, teatros.

A região foi cenário para produções do cinema como Indiana Jones e a Última Cruzada e da novela Viver a Vida.

Mar Morto

Mar morto, o ponto mais baixo da terra. A água hipersalina (muito densa) facilita a flutuação. Devido à alta concentração de sal, não há vida, é por esta razão que ele leva esse nome. “Rodeado de resorts, o passeio até o mar morto é ideal para aqueles que querem descansar com muita comodidade e uma vista incrível”, recomenda Geovana.

Deserto de Wadi Rum

A Jordânia tem a maior parte de território formado por áreas desérticas.  O Wadi Rum, também conhecido como o Vale da Lua, é formado por areia e montanhas de pedra em tons avermelhados.

“O passeio de quadriciclo e a hospedagem em uma “bubble house”, com certeza, foram uma das melhores experiências que já tivemos. A sensação de liberdade, o entardecer do deserto, o silêncio, o ficar longe da loucura da capital não tem preço”, afirma Geovana.

Amã

Amã é a capital e a maior cidade da Jordânia. A cidade é uma das mais antigas do mundo e hoje é o centro da gestão do país e importante polo comercial e cultural. Com quatro milhões de habitantes, Amã está localizada em uma área muito montanhosa no noroeste do país.

“Visitamos Amã no auge do verão. Porém, ao contrário do que todos pensam, é um verão muito agradável, quente na medida e não chove! Por essa razão, restaurantes e coffee shops estão sempre lotados de tardezinha. Sem esquecer o casaquinho, pois à noite a temperatura baixa e sempre tem um ventinho”, conta Geovana.

Religião e cultura

O Islam é a religião predominante na Jordânia. “Cinco vezes por dia, o Adhan (chamada para a reza) é realizado através de um megafone em cada uma das mesquitas da cidade. O som ecoa pela capital, é emocionante”, afirma Geovana.

Os momentos em família foram muito importantes nesta viagem de Geovana e Usama que vivenciaram a cultura e participaram de um casamento. A festa de casamento é muito simbólica. O noivo busca a noiva na casa da família dela, com música tradicional, por exemplo, o dabke, representando o fim de uma fase e início da vida juntos. São feitas duas festas para comemorar um casamento. Festa de Henna (um dia antes do casamento) e a festa de casamento. Tradicionalmente, as mulheres usam vestidos típicos árabes bordados, na festa de Henna, e as mãos dos noivos são pintadas com a pasta de Henna para simbolizar a união” conta Geovana.

 

Deixar uma resposta