Casa e ConstruçãoSaúde e Bem-estar

Santa Maria: 163 anos – Uma completa estrutura hospitalar

Uma completa estrutura hospitalar
105views

Santa Maria é referência em saúde no estado do Rio Grande do Sul. O município conta com um dos mais completos sistemas de saúde, com serviços de urgência e emergência, possuindo grandes centros médicos e oito hospitais que atendem casos de baixa até alta complexidade.

A cidade conta com 2 hospitais de alta complexidade e de grande porte como o Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo e Hospital Universitário que juntos contabilizam capacidade para 1000 leitos entre internação e CTI e 6 hospitais de baixa e média complexidade como Hospital da Brigada Militar, Hospital Geral do Exército, Hospital Regional, Hospital Casa de Saúde, Hospital São Francisco de Assis e Hospital da Unimed.

Totalizando o número de leitos entre todos hospitais Santa Maria tem 1064 leitos e capacidade para 258 leitos de CTI, com possibilidade de expansão, tornando um dos maiores centros de saúde do Rio Grande do Sul.

São 1530 médicos atuantes em diversas especialidades conforme o registro do CREMERS para atendimento de uma abrangência de 42 municípios da região central.

118 anos – O Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo completou 118 anos, é o hospital mais antigo construído pela comunidade. Em 1903 foi inaugurado contando com o auxílio das Irmãs de Caridade e pelo corpo clínico dos médicos Pantaleão José Pinto, Nicola Turi, José Mariano da Rocha, Nicolau Becker Pinto, e Astrogildo César de Azevedo. Atualmente atende somente pacientes privados e de convênio.

102 anos – O Hospital de Guarnição de Santa Maria (HGuSM) foi criado em 1919 para atender entre militares da ativa e da reserva e seus dependentes, abrangendo um total de 84 quartéis do Exército.

89 anos – O Hospital Casa de Saúde foi inaugurado em 1932 para atender os funcionários da Viação Férrea. É o único hospital municipal, e desde 2010 passou a ser administrado pela Associação Franciscana de Assistência à Saúde (Sefas). Atende 100% SUS.

75 anos – O Hospital da Brigada Militar foi fundado em 18 de Outubro de 1946 como um reforço para atendimento aos policiais.

51 anos – O HUSM nasceu em 1970, pelo desejo do fundador da Universidade Federal de Santa Maria, José Mariano da Rocha Filho, que já previa HOSPITAL ESCOLA com os equipamentos mais modernos vindos de parcerias com as principais universidades do exterior. Atende 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

37 anos – O Hospital São Francisco foi criado em 1984 pela gestão familiar do Centro Médico Hospitalar. Em 2005, foi locado pela Unimed, e depois teve parceria com Hospital de Caridade. Desde 2010 foi comprado pela Scalifra, Congregação das Irmãs Franciscanas a qual pertence a UFN, é o segundo hospital na cidade administrado pela Sefas. Atende particular e convênios.

15 anos – O Hospital Unimed foi inaugurado em 2006 e é destinado a atendimentos de baixa e média complexidade aos conveniados do plano.

3 anos – Inaugurado em 2018, o Hospital Regional de Santa Maria é o mais recente a fazer parte da rede de atendimento à população. É administrado pelo Instituto de Cardiologia-Fundação Universitária de Cardiologia. Atende 100% SUS.

 


HUSM

  • Leitos: 380.
  • Leitos de UTI: 65 leitos ativos com capacidade temporária para 100.
  • Funcionários: 1.950 contratados pela UFSM e EBSERH.

HCAA

  • Leitos: 410.
  • Leitos de UTI: 100.
  • Funcionários: 1731.

Hospital Regional

  • Leitos: 40.
  • Leitos de UTI: 38.
  • Funcionários: 400.

UNIMED

  • Leitos: 30.
  • Funcionários: 555 e destes, 375 são do Hospital Unimed.

Casa de Saúde

  • Leitos: 112.
  • Funcionários: 249.

Hospital São Francisco

  • Leitos: 40.
  • Leitos de UTI: 10.
  • Funcionários: 178.

HGU

  • Leitos: 27.
  • Leitos de UTI: 10.
  • Funcionários: 334.

Hospital da Brigada

  • Leitos: Capacidade para 25, 13 em atividade.
  • Funcionários: 206.

Ala 4 – Base Aérea

  • Tem 50 colaboradores do esquadrão da saúde para atender os ambulatórios das especialidades médicas e odontológicas, fisioterapia e psicologia.

Deixar uma resposta