Saúde e Bem-estar

Saúde Bucal X Saúde Sistêmica

saúde bucal x saúde sistêmica
24views

Um número expressivo de pessoas cuida da saúde do corpo, investe cada vez mais na estética, tanto corporal quanto facial, mas esquecem de uma parte: a saúde bucal. A boca desempenha funções que repercutem na saúde do organismo como um todo. É pela boca que se tem o contato direto com o meio ambiente, sendo a porta de entrada para bactérias e outros microorganismos prejudiciais à saúde.

A Odontologia vai muito além da cárie e do sorriso de dentes alinhados e brancos. Prestar atenção ao que acontece na boca pode ser uma boa maneira de evitar doenças, assim como detectá-las. Você sabe como vai a saúde das suas gengivas? Preocupa-se com aquele sangramento ao passar o fio dental? E a sua saliva, já parou para avaliar se ela tem qualidade e quantidade? A sua língua está com coloração adequada? Essas são perguntas que devem ser respondidas ao avaliar sua saúde bucal.

As doenças periodontais (gengiva e tecidos de suporte) estão entre as infecções crônicas mais comuns em humanos. Há cada vez mais evidências relacionando a saúde bucal à outras doenças sistêmicas crônicas como o diabetes, doenças cardiovasculares e mais recentemente até risco aumentado para Alzheimer. Em 2019, o Instituto do Coração (InCor) relacionou a saúde bucal inadequada ao aumento do risco de aparecimento ou complicações de doenças cardíacas. Já estabelecido na literatura, sabemos que gestantes com periodontite correm o risco em dobro de passarem por um parto prematuro.

Ter acompanhamento de um cirurgião-dentista habilitado é extremamente importante ao paciente oncológico, ele irá acompanhar para prevenir e tratar as possíveis complicações dos tratamentos quimioterápicos / radioterápicos, que podem interferir na qualidade de vida do paciente e até mesmo levar a interrupção do tratamento oncológico. Outro acompanhamento que devemos ter é dos pacientes acamados, tanto os que estão em casa, quanto em leitos hospitalares,

é importante manter a higiene bucal adequada desses pacientes em dia, pois a microbiota bucal (cárie, raiz residual e periodontite) sem o controle rigoroso aumentam o risco de pneumonia aspirativa.

Para finalizar, pesquisadores observaram que pessoas com a forma mais grave da doença periodontal tiveram um risco três vezes maior de serem entubados, internados na UTI ou irem a óbito por causa do Sars-Cov2 (Journal of Clinical Periodontology). Então, lembrem-se, cuide da sua boca, pois, assim você também estará cuidando de sua saúde sistêmica.

Fontes: Journal of Dental Research / Mediators of Inflammation/Journal of Clinical Periodontology/ Pubmed

Caroline Sperandio

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Caroline Scherer Sperandio

CRO/RS 15329
Especialista em Periodontia, Odontologia Oncológica e Laserterapeuta.

Deixar uma resposta